quinta-feira, 30 de setembro de 2010

THEODORO BOGEN EM NOTÍCAS - II

Escola Comunidade/Mais Educação oportuniza aula de natação a estudantes







17:53 - quinta-feira, 30 de setembro de 2010



Olhares curiosos e atenção máxima as orientações dos professores. Foi desta forma que iniciou a aula de natação a cerca de 20 alunos da escola municipal Theodoro Bogen, na tarde de hoje. A atividade integra o programa Escola Comunidade/Mais Educação e conta com a parceria da escola de natação Medley, localizada no bairro Niterói.

Em 45 minutos de aula, os estudantes aprenderam noções de nado básico e crawl, mergulho, respiração correta e orientações sobre como se deslocar na piscina. As instruções foram repassadas pela professora Thamiriz Bitta, que durante a aula foi auxiliada por mais dois professores da academia.

A concentração dos alunos era total. O difícil foi conter o entusiasmo, visto que a maioria dos estudantes nunca tinha entrado em uma academia de natação e desfrutado de toda a estrutura que o local oferece. “Eles chegam muito empolgados e curiosos. Mas isso é positivo, pois faz com que já saiam desbravando a piscina. É muito gratificante poder trabalhar com eles”, observa Thamiriz.

O coordenador do programa Escola Comunidade/Mais Educação da Theodoro Bogen, o professor de Educação Física, Douglas Perdomini, ressalta que as aulas iniciaram há pouco menos de um mês e já é possível observar os benefícios. “Eles se dedicam mais as aulas, têm mais interesse e concentração”, afirma. Um dos exemplos citados pelo educador é a aluna Jeniffer da Rosa, de 15 anos, que há um ano mudou completamente seu comportamento na escola. “Ela vivia sendo chamada na direção. Hoje, posso afirmar que é uma aluna exemplar, uma líder no programa”, relata.

Na piscina, a estudante faz jus à afirmação do professor. Dedicada, ela executa todos os movimentos na piscina com atenção e comemora a oportunidade. “Eu nunca tinha vindo a um lugar com uma estrutura como essa. Conto os dias para vir pra cá”,

O Programa Escola Comunidade/Mais Educação beneficia oito escolas municipais com atividades no turno inverso ao das aulas.

Patrícia Araujo


http://www.canoas.rs.gov.br/Site/Noticias/Noticia.asp?notid=10899








Secretaria de Comunicação

THEODORO BOGEN EM NOTÍCAS

Xadrez estimula concentração e raciocínio de alunos do programa Escola Comunidade/Mais Educação




13:13 - terça-feira, 28 de setembro de 2010





Um tabuleiro de xadrez com peças de 80 e 40 centímetros de altura despertava a atenção dos alunos da escola João Paulo I, que, na manhã desta terça-feira, 28, foram até a escola Theodoro Bogen, localizada no bairro Niterói, para conhecer e aprender o jogo. O objetivo, de acordo com o autor do projeto, o professor de Educação Física, Douglas Perdomini, foi o de realizar a integração dos jovens através da prática do xadrez. A iniciativa integra o programa Escola Comunidade/Mais Educação.

Desde setembro do ano passado, ele desenvolve a iniciativa na instituição. As peças tomaram forma pelas mãos dos próprios alunos, que através da mistura de jornais e cola caseira, aplicados em moldes, fabricaram as peças com o auxílio do professor.

Para que os estudantes aprendessem as técnicas do jogo foram realizadas oficinas. Aqueles que dominaram a aprendizagem ensinaram aos colegas. E assim segue sendo feito até hoje.

Maior concentração em sala de aula e desenvolvimento mais rápido do raciocínio foram alguns dos benefícios percebidos pelos professores de todas as disciplinas da instituição, após o xadrez ser incluído no currículo escolar. “O jogo exige concentração, pois é preciso prever a jogada do adversário. E com o tabuleiro gigante esta percepção é ainda maior. Eles sentem-se mais envolvidos e tem uma visão estratégica ampliada”, observa Perdomini.

A professora do programa Mais Educação na escola João Paulo I, Márcia Maria Menetrier, pretende levar a iniciativa aos estudantes da instituição. “Eles pediram para vir conhecer como funcionava o jogo e já me pediram para levarmos o xadrez à nossa escola”, afirma.

Ao redor do tabuleiro gigante, várias mesas com os jogos em tamanho normal comportavam grupos de alunos atentos a cada jogada. Os olhares fixos no jogo e a atenção a cada movimento do colega demonstravam a aprovação da iniciativa pelos jovens. “Achei muito legal participar da confecção do jogo e gosto de ajudar quem ainda não sabe jogar. Também percebi que tenho mais concentração nas aulas depois que comecei a praticar o xadrez”, observou Simon Pierobom Simon, aluno da 5ª série da escola Theodoro Bogen. Talita Godinho de Souza, 11 anos, também da 5ª série, porém da escola João Paulo I, estava empolgada com a ideia de levar a prática à sua instituição. “Gostei do tabuleiro maior. É divertido, conseguimos entrar no jogo e ter uma visão melhor. Espero que a nossa escola também tenha isso, em breve”, disse.

Quem preserva monta seu próprio tabuleiro

Outro projeto que está sendo organizado pela escola Theodoro Bogen envolve a conscientização sobre a importância da preservação do meio ambiente. Através de uma parceria com a Secretaria Municipal do Meio Ambiente, a intenção é a de entregar aos estudantes que levarem óleo de cozinha usado ou pilhas usadas à escola peças do jogo de xadrez. “Assim cada um poderá ter seu próprio tabuleiro. A secretaria irá nos fornecer os tambores para armazenarmos os materiais entregues. Nossa intenção é envolver toda a comunidade, não só os nossos alunos”, explica Perdomini.

As peças, desta vez em gesso, já estão sendo fabricadas pelos alunos e o projeto deve estar em prática nos próximos meses.


Patrícia Araujo


http://www.canoas.rs.gov.br/Site/Noticias/Noticia.asp?notid=10859












sábado, 11 de setembro de 2010

DIA DA CIDADANIA

Um dia para abrir as dependências das escolas municipais de Ensino Fundamental a toda comunidade escolar de Canoas, oportunizando atividades diversificadas.


Na escola EMEF Theodoro Bogen localizada no bairro Niterói oportunizou palestras com psicólogo sobre disciplina e dependência química, reunião com os pais, jogos esportivos, cama-elástica, artesanatos, brechó, aula de ginástica aeróbica e atividades artísticas. Esta é a proposta do Dia da Cidadania Escolar com orientação da Secretaria Municipal de Educação que aconteceu no sábado 21/08. A idéia surgiu para cada vez mais aproximar a família da escola tendo como princípio do Compromisso pela educação, que busca a articulação de sociedade brasileira visando a qualidade plena do ensino. Com isso conseguiremos ampliar o diálogo entre as famílias e a escola.

De acordo com a diretora da escola, Silvia Malezan, a proposta é de sistematizar atividade dentro do calendário escolar, proporcionando a integração com a comunidade.

Prof. Me Douglas Perdomini


video